Retomando as atividades físicas – cada novo passo, uma nova conquista

Eu engordei. É chato, mas acontece. O luto faz isso com a gente, querendo ou não.  Sempre tive uma vida ativa. Já pratiquei várias atividades físicas desde pequena: ballet, natação, ginástica olímpica, pilates, corrida, dança, musculação, yoga, tudo.

Mas aí quando a coisa aperta, você simplesmente larga toda a sua vida pra cuidar de quem você ama.  Larga absolutamente tudo mesmo. Tudo. Por amor. Porque sim. Mas aí, independente dos seus esforços a pessoa se vai, é a hora dela. E quando ela se vai você fica sem saber o que fazer com sua própria vida. Por um tempo você não quer fazer nada com sua própria vida. Faz parte do sofrimento.

atividades físicas
Projetado pelo Freepik

Faz parte do sofrimento procurar consolo e a coisa mais fácil e imediata que te oferece conforto é a comida. Comer é bom. Gostar de guloseimas não é errado. Não há porquê se culpas por isso. Está tudo bem se consolar desta maneira. Existe até um nome para esse tipo de comida, o Comfort Food. Comfort Food é um carinho que você faz ao seu organismo. Mas chega um momento que é preciso cortar esse ciclo. Pois, apesar do comfort food ser um carinho momentâneo, pode trazer consequências piores do que simplesmente engordar, ou deixar a pele horrível.  A má alimentação pode trazer sérios problemas de saúde.  Além disso tudo, é preciso se reencontrar.

O caminho de volta é difícil.  Só quem passou por isso sabe o quanto é difícil encontrar sentido pra vida novamente. Mas aí a gente se apega às memórias dos que se foram e tenta viver da maneira mais honrosa possível. E é neste ponto que a gente precisa se apegar todos os dias de manhã pra conseguir levantar de manhã e retomar nossas atividades, sejam atividades profissionais, do cotidiano ou atividades físicas. É aos pouquinhos que isso acontece. Os resultados demoram a aparecer, todos os dias você precisa encontrar forças pra não desanimar, e cada novo passo, uma nova conquista.

Eu estou retomando minhas atividades. Estou conseguindo voltar a correr e superar meus limites na academia (faço esteira, transport e bicicleta). Voltando a comer de maneira saudável como sempre fiz, sem abrir mão de um chocolatinho de vez em quando. Devagarzinho, com ajuda das atividades físicas, somadas à reeducação alimentar, vou eliminando os quilos do luto. Tá sendo um processo lento, mas não vou desistir. Sabe por que? Porque voltar ao corpo que eu tinha antes e à relação que eu tinha comigo mesma  é algo que preciso fazer para me reencontrar. Parece fútil ou superficial, mas é uma busca completa que envolvem vários fatores da vida, incluindo o condicionamento físico. A endorfina liberada através dos exercícios nos ajudam a me sentir melhor comigo mesma e até mais feliz. É preciso combater a preguiça diariamente sim. Mas vale a pena. Afinal como dizem por aí, no pain, no gain.

Depois eu conto pra vocês o resultado desse esforço.

Beijos e até a próxima!

3 thoughts on “Retomando as atividades físicas – cada novo passo, uma nova conquista

  1. Lilian Raquel says:

    Começar é sempre o mais difícil, mas é o primeiro passo e o importante. E por aqueles que se foram devemos sempre dar o nosso melhor os horando com nossa vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *