Corte de Gelo e Estrelas – Sarah J. Maas – Uma decepção

Eu confio muito nos autores que eu gosto. Como autora eu sei que tudo que plantamos ao longo da escrita da obra, futuramente será utilizado ou desenvolvido de alguma maneira. Para que a obra tenha coerência e faça sentido. É preciso muito cuidado com isso. Então, eu costumo confiar muito no que o autor está fazendo. Assim como eu confio que J.K. Rowling vai dar uma explicação futuramente para cada coisa controversa em Animais Fantásticos: Crimes de Grindelwald. Mas isso é assunto pra outro artigo. Hoje, eu infelizmente venho dizer a vocês que Corte de Gelo e Estrelas de Sarah J. Maas me decepcionou enormemente.

Corte de Gelo e Estrelas

Sarah J. Mass é uma autora brilhante. Suas tramas estão todas interligadas, e suas séries são muito bem construídas. Vocês sabem o quanto eu sou fã da série Trono de Vidro – e aguardo ansiosamente pelo livro final – mas a série Corte de Espinhos e Rosas me cativou um pouco menos. Eu fiz um review do primeiro livro aqui. O segundo e o terceiro eu não fiz, mas recomendo que leiam também. Eles fecham um arco de uma história bastante interessante cheia de personagens ricos. O terceiro livro, Corte de Asas e Ruínas é o mais empolgante de todos na minha opinião. Mas Corte de Gelo e Estrelas… bom… esse eu sinceramente achei bem fraquinho. Não sei. Talvez minha expectativa estivesse lá no alto. Eu queria muito saber o que acontecia com cada um dos personagens depois da grande guerra final dos feéricos e dos traumas por ela causados em Corte de Asas e Ruínas.

Mas infelizmente eu não gostei. Parece incompleto, sabe? Eu até entendo que na verdade é um tipo de “e apesar de tudo a vida continua” mas definitivamente parece faltar algo. É compreensível pois no período em que foi escrito a autora estava passando por alguns problemas pessoais como ela explica nos agradecimentos. Além disso, a descoberta da gravidez pode ter feito com que ela precisasse terminar a escrita mais cedo. Mas o fato é que ela deixa muitas coisas em aberto, muitas pontas soltas, e o livro parece ter sido terminado às pressas.

A qualidade que mais me encantou na autora parece falhar. Não é um fim satisfatório. E não parece o começo de um futuro empolgante. Apesar de ter algumas informações valiosas sobre o futuro de Feyre e Rhys, acredito que Corte de Gelo e Estrelas caberia perfeitamente em um epílogo no último livro. Assim, mal comparando, como em Senhor dos Anéis que tem um rico e satisfatório epílogo contando o que houve com os personagens depois da queda de Sauron.

Não vou dizer que Corte de Gelo e Estrelas não tenha o seu valor. Mas se talvez Sarah tivesse adiado um pouco mais o lançamento dele ela conseguisse trabalhar melhor o material. A autora é uma escritora primorosa e de grande imaginação. Por isso acredito que se ela passasse um tempinho a mais trabalhando no livro, ele seria mais satisfatório tanto para fãs como para os que ainda não são fãs.

Corte de Gelo e Estrelas é da Editora Galera Record, com tradução de Mariana Kohnert.

2 thoughts on “Corte de Gelo e Estrelas – Sarah J. Maas – Uma decepção

  1. Lílian Raquel says:

    Ai poxa já até fiquei receosa de ler, nada feiro as pressas fica bom 100%. Se for pra deixar mais pontas soltas, era melhor nem ter lançado novo livro ;( mas ja li ate aqui, vou ler só pra encerrar a saga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *