Ano novo! Vida nova?

Oi gente!! Primeiro post de 2018! Como foram as festas de fim de ano de vocês? Espero que mágicas e felizes como desejaram. Na balada, ou em casa com a família, tomando champagne ou vendo filminho, tudo vale! O importante é estar feliz e de bem com a vida.

Feliz no novo! Feliz Vida Designed by Freepik

Rituais de fim de ano

Mas falando em mágica… As tradições de ano novo, a esperança nos rituais, a fé que colocamos em uma simples noite de verão. No hemisfério sul, obviamente, aqui no Brasil, mais especificamente.

Há quem pule 7 ondas, há quem faça oferendas para Iemanjá mesmo não sendo devoto. Há quem coma lentilhas, há quem espalhe lentilhas pela casa no ano novo, há quem as jogue pro alto. Há quem use roupa com cor específica esperando atrair o que mais deseja. Ou usa branco (tradição tipicamente brasileira) com a roupa de baixo na cor desejada.

Há quem guarde uma folha de louro na carteira, ou um dólar. Há quem coma na ceia somente porco ou peixe porque “anda para frente” e não pode de jeito nenhum comer frango ou peru porque “cisca para trás”. Simpatias e rituais não faltam, cada pessoa tem o seu. Cada família tem o seu, passado de geração em geração.

E eu acho isso tudo super bacana. Porque une as pessoas. Criar tradições e rituais com quem amamos, nos faz ter uma história em comum, algo para se fazer junto de quem se ama em determinada data. Cria laços. Minha mãe gostava de colocar rosas no mar ou no lago (dependendo de onde estávamos) e gostava sempre que eu fosse com ela. Como se oferecer flores para o universo em agradecimento e fazendo pedidos atraísse uma energia boa pro ano seguinte. Eu a acompanhava porque era bom estra com ela. E pensamentos positivos são sempre bem-vindos.

Resoluções de Ano Novo para uma vida nova

Você é daquele tipo de pessoa que faz listinha de resoluções para o ano seguinte? Eu não sou muito fã disso não. Das vezes que fiz só me frustrei.

Para o ano de 2017 a única resolução que eu tomei foi de tentar me tornar uma pessoa melhor. E emagrecer. Bom, eu ainda não emagreci tudo o que queria, mas grande parte do caminho já foi percorrido. E quanto a ser uma pessoa melhor… essa é uma resolução para a vida.

Para 2018 eu quero chegar finalmente ao corpo que me deixa feliz e realizada – falta pouco o que já é um motivo para comemorar – continuar me aprimorando como ser humano – dia após dias, repensando meus atos, deixando minha mente mais positiva – e finalmente terminar meu primeiro livro – motivo de orgulho e esmero. Não são metas muito complicadas, mas ainda assim precisam de trabalho.

E isso, por algum acaso, dá certo?

É exatamente aí que quero chegar. Como eu disse acima, é muito legal mesmo desejar coisas positivas, criar tradições, reforçar laços. Fazer uma lista de coisas que deseja conseguir no novo ciclo que se inicia.

Mas deixa eu contar uma coisa pra vocês… de nada, absolutamente nada, adianta fazer todos esses rituais em uma noite e no primeiro dia do ano se você não mudar seu jeito de pensar e agir no resto do ano todo.

As coisas não acontecem por um milagre. As coisas não acontecem em um passe de mágica. Lembra que eu postei aqui sobre sair da zona de conforto? Vou continuar batendo na mesma tecla.

Não adianta desejar emagrecer e ter o corpo da Paola Oliveira se eu não malhar e não fizer uma reeducação alimentar. Não adianta desejar um salário melhor e continuar acomodado no serviço fazendo o mínimo indispensável. Não adianta se matar de trabalhar esperando que reconheçam o seu trabalho sem conversar com seu chefe pra pedir um aumento. Não adianta pedir que as soluções dos problemas caim do céu em um passe de mágica, entende?

Tudo na vida precisa de trabalho, constante, consistente, disciplinado. Nada cai do céu além de chuva, neve e raramente um meteoro. As vezes cai cocô de pombo também. Mas basicamente é isso.

É como pedir pro universo para ser o ganhador da mega sena da virada e não jogar, está entendendo? Tá certo que a chance de ganhar são ínfimas, então esse não é um bom exemplo. Mas, acho que você entendeu onde quero chegar.

Pra começar o ano bem, bem mesmo, vamos àquele exercício básico: que tal tentar – tem que começar pelo menos tentando – ser mais positivo todos os dias? Não precisa ser positivo o dia inteiro, mas vamos treinar. Quando um pensamento super sombrio e esquisito cheio de mau-humor chegar, mude-o para algo mais feliz, mais positivo.

Quando seus dedos coçarem para fazer um comentário maldoso no facebook, simplesmente pare e vá fazer outra coisa. Vai ler outra coisa. Não vai atras de outra treta não. Tira essa amargura do coração. Faça mais do que te faz feliz.

Ah e tratar os outros com educação é o mínimo. Mas quer ver uma coisa mágica que acontece e transforma o dia das outras pessoas e inclusive o seu? Um sorriso. Coloca um sorriso ao dar bom dia e veja só o que acontece. Nessa mágica eu acredito.

Ano novo, vida nova é o que dizem. Mas a vida só muda se você mudar e fizer por onde.

No mais, “Andar com fé eu vou, que a fé não costuma faiá”. Fé, força, foco, disciplina e trabalho. <3

Quais são suas metas para 2018? E rituais de ano novo, o que costumam fazer? Respondam nos comentários!

Feliz 2018! <3

Gostou? Compartilhe!

Posts Relacionados

2 thoughts on “Ano novo! Vida nova?

  1. Perfeito post de ano novo!!! As transformações não acontecem sozinha, precisamos começar e ajudar o universo…mas gosto mto da energia do novo, da ideia de recomeçar do zero, do começo do ano.

  2. Adorei.
    Fiz minha lista de metas. Tinha desistido, como sempre desistindo de tudo antes de fazer… mas fiz!
    Não fiz nada de tradição ou afins… mas lá em casa não teve ave haha pq cisca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *