Lúcifer e outras coisinhas que ando assistindo na Netflix

Netflix é um tipo de universo paralelo que você se perde lá dentro uma vez que começa a navegar nas opções oferecidas. E como se não bastasse, a cada mês eles trazem mais novidades. Somando isso ao incrível atendimento ao público que eles fazem (basta ver o seu Facebook e a interação feita nos comentários), pronto, não tem como não amar.  O que gera um forte problema de procrastinação. Você pensa “só vou assistir mais esse episódio“, mas quando você percebe, já terminou uma temporada inteira. É como um bom jogo de videogame, você estipula que vai jogar somente uns 20 minutinhos. 3 horas depois você se da conta que deixou de fazer um monte de coisas. Fazer o que? Vício é vício, não é amores?

Vou contar pra vocês o que ando assistindo na Netflix, mas preciso avisar que tenho gostos peculiares…

Séries:

Lúcifer

Duas semanas atrás a Netflix trouxe essa série para o su catálogo. Já tinha tempo que eu tinha vontade de assistir. Havia visto uns trailers e alguns trechos divertidos e quando a netflix anunciou fiquei feliz da vida.

Netflix - Lúcifer

O Lúcifer da série simplesmente cansou de viver no inferno punindo almas e decidiu ir para Los Angeles viver a vida como um mortal (só que não). Um cara cheio da grana, playboy, dono de boate, festeiro, zoando geral e fazendo acordos por aí. É uma série divertida, sem dúvidas. Poderia melhorar em algumas coisinhas, mas eu curti bastante. É baseada em quadrinhos da DC comics.

Unbreakable Kimmy Schmidt

Se você ainda não conhece a Kimmy, não sabe o que está perdendo. Sério mesmo. Uma das séries mais loucas que já vi, onde uma piada é disparada atrás da outra a ponto de ficarmos até meio perdidos. Kimmy passou 15 anos da sua vida em um bunker e quando foi resgatada teve que se readaptar, e acaba passando pelas situações mais doidas. Tudo saiu da cabeça da comediante Tina Fey que faz algumas participações. A série conta com três temporadas já.

Um destaque para o maravilhoso Titus Andromedon que rouba a cena muitas e muitas vezes.

Anne With an E

Anne é uma garotinha ruiva muito peculiar. Orfã e maltratada desde muito pequena, depois de ter sido muito rejeitada é finalmente adotada, porém as coisas não saem exatamente como ela sonha. Muito sonhadora, aliás, ela usa a imaginação para fugir da dura realidade, mantendo assim seu coração puro e cheio de esperanças.

Netflix - Anne With an E

Às vezes a garotinha fala de mais, o que a faz parecer enfadonha algumas vezes, mas aos pouquinhos ela vai conquistando os corações de todos que a cercam. É uma graça, uma delícia de assistir.

Filmes:

Fome de Poder

Quer ficar com raiva da empresa McDonalds, veja esse filme de como um pequeno restaurante da rota 66 se tornou o maior franchising do mundo. Vale a pena, mas acredite, você vai ficar com raiva.

Walt Antes do Mickey

Uma outra história muito bacana de se ver é como a Disney foi criada. Os altos e baixos de Walt Disney, que passou até fome, mas persistiu e criou a empresa mais amada do mundo. Este é o oposto do McDonalds, ele tem valores fortes e bonitos. “Não há substituto para o trabalho duro.”

 

O Mínimo para Viver

Drama emocionante com Lily Collins no papel de Ellen, uma jovem mulher com anorexia, um distúrbio alimentar bastante sério, e Keanu Reeves no papel de médico que tenta ajuda-la a superar este problema. Me emocionei muito com o filme e acredito que ele mostre apenas 1/10 do que realmente a doença pode causar não apenas a quem está enfrentando-a como também a seus amigos e familiares. Muito tocante, vale a pena conferir. Para entender um pouco melhor a gravidade do assunto e, quem sabe, desenvolvermos um pouco mais de empatia uns para com os outros.

Animes:

One Punch Man 

One Punch Man é um cara que tem o soco mais poderoso do mundo. Meio deprimido, meio chateado, herói nas horas vagas, mas um verdadeiro pé rapado. O anime é um dos mais divertidos que eu já vi, mas tem que ser dublado, pois é muito mais engraçado assim.

Netflix - One Punch Man

 

Castlevania

O anime baseado no game homônimo tem episódios curtos e uma trama bem interessante. Curti bastante e já espero pela segunda temporada.

Eu assisto muita coisa, gente, sério mesmo. Estas são apenas algumas das coisas interessantes que achei na Netflix. E vocês? O que costumam assistir?
Tem dicas de outros filmes e outras séries aqui. 😉

Curiosidades sobre Gal Gadot, a Mulher Maravilha

Quando você sabe que um ícone da sua infância como a Mulher Maravilha ganhar vida pela primeira vez nos cinemas sua expectativa vai às alturas. O medo de se decepcionar (como eu me decepcionei com a Vampira dos filmes dos X-Men) é grande. Porém, Gal Gadot e Patty Jenkins nos trouxe a Mulher Maravilha que sempre sonhamos e esperamos. E como era de se esperar, virei das duas. Quando você finalmente vê esse sonho se tornando realidade e seu ícone ganhando vida nas telonas não há como não se emocionar.

Assim sendo, estive pesquisando sobre a atriz e resolvi trazer algumas curiosidades sobre Gal Gadot, a mais que perfeita Wonder Woman e, na vida real, ela arrasa também!

Quem é Gal Gadot?

Gal Gadot é uma atriz e modelo israelense como a maioria de vocês já deve saber. Ela tem 32 anos (nasceu em 1985), é casada com o empresário Yaron Versano há 9 anos com quem tem duas filhinhas Alma e Maya. Alma tem 5 aninhos e Maya é um bebê de três meses.

Curiosa sobre ela, passei a segui-la no instagram, e do que vi até agora, ela é uma mulher alegre, amorosa, mãe carinhosa, bem-humorada, e super do bem. Ela, o marido e as filhas vivem em Tel Aviv e Gal Gadot se orgulha da família linda que tem. Gosta e dá valor às pequenas coisas da vida, e é linda até na simplicidade dela.


“Noite sem dormir, bebê de 3 meses com cólicas e acordada cedo pela mnha filha de 5 anos. Fui para o jardim tomar um pouco de ar puro com meu café para me ajudar a acordar e agora assistindo The Cat in The Hat com minha filha. Sempre me impressiona como as coisas mais simples são as que nos fazem mais feliz. Foto tirada pela minha outra sonolenta metade @jaronvarsano”

Exército Israelense e carreira de modelo

Em 2004, aos 18 anos, Gal Gadot conquistou o título de Miss Israel, chegando a concorrer ao Miss Universo. Ela trabalhou para marcas como Gucci e foi capa de várias revistas como a Cosmopolitan, Glamour, Entertainment Weekly, dentre outras. Além de se tornar a modelo principal da marca de roupas Castro de 2008 a 2016.

Servir o exército em Israel é obrigatório para homens e mulheres. Por isso, aos 20 anos, a atriz deu uma pausa na carreira de modelo e serviu durante dois anos como soldado nas Forças de Defesa de Israel. Sobre esse tempo servindo o exército israelense, Gal afirma que aprendeu sobre disciplina e respeito.

Gal Gadot

Velozes e Furiosos

Depois de dois anos de serviço militar, Gal Gadot começou seus estudos em Direito. Depois de completar 1 ano na escola de direito ela foi chamada para um teste para o papel de Bond Girl no filme Quantum of Solance. Ela não conseguiu o papel, mas o mesmo diretor a chamou para o papel de Gisele em Velozes e Furiosos 5.  Gal Gadot é tão bad ass que neste filme ela dispensou os dublês fazendo ela mesma as cenas de ação.

Gal Gadot

Depois de fazer alguns outros papéis menores em comédias de ação, ela voltou a interpretar Gisele em Velozes e Furiosos 6 em 2013. Depois disso, quando foi chamada para interpretar a Mulher Maravilha passou muito tempo treinando coreografias de luta, equitação e musculação. Ela chegou a afirmar em entrevistas que seus treinos foram mais intensos do que quando esteve no exército.

Sereia

E não é que ela canta também? Há alguns dias foi divulgado um vídeo do YouTube em que Gadot aparece cantando em sua língua de origem, o hebraico, durante uma apresentação especial.  Não se sabe ao certo se foi em 2008 ou 2009, mas o importante é que Gal está vestida de sereia e canta para arrecadar dinheiro para instituições carentes.


Fofa, né, gente?

 

Grávida durante as filmagens do filme Mulher Maravilha?

Na verdade, Gal Gadot estava grávida de 5 meses quando fez as refilmagens de Mulher Maravilha. Sabe quando estão com o filme quase pronto e aí tem que refilmar algumas cenas que não ficaram tão legais? Pois é, foi assim que aconteceu. Ela estava barrigudinha então utilizaram, apenas na barriga de Gal, um tecido verde que depois seriam colocados os efeitos visuais para esconder a gravidez. Afinal Diana Prince não poderia aparecer grávida, não é?

Gal Gadot - Mulher Maravilha

Gal Gadot - Mulher Maravilha

O fato é que nessas refilmagens, mesmo grávida, ele enfrentou frio e chuva fazendo tudo que a diretora pedia sem jamais reclamar, incluindo cenas de batalhas! Sim, ela é maravilhosa. E seu temperamento tem tudo a ver com a Mulher Maravilha que crescemos admirando. Impossível não virar fã. Fora que ela é linda né? Ainda quero descobrir a rotina de beleza dela e a maquiagem que ela usa pra vir contar pra vocês! 🙂

Já assistiu o filme? Não? Olha só o que achei do filme aqui neste post e depois vá correndo para o cinema!

Gal Gadot - Mulher Maravilha

 

Baywatch, S.O.S Malibu – Crítica do filme

Fui assistir ao filme Baywatch à convite da Agência TC, Vizcaya e Paramont e já posso adiantar que me diverti horrores.

Baywatch

A série Baywatch foi ao ar no início da minha adolescência. Aqui no Brasil era chamada de S.O.S. Malibu. Não cheguei a assistir tanto, afinal tinha que conseguir pegar quando estivesse passando na TV, mas eu lembro direitinho como era. O para sempre canastrão David Hasselhoff fazendo papel de bonito, e a gostosona Pamela Anderson correndo em câmera lenta nas areias da praia. Os meninos adoravam né, ver os peitões dela balançando na tela. Ah os anos 90… vergonhosos… hahahahha

 

Baywatch
David Hasselhoff, Pamela Anderson e a equipe de salva-vidas da série Baywatch nos anos 90

O filme tem uma pegada de comédia total. David Hasselhoff – o rei da cultura pop atualmente com sua participação hilária em Guardiões da Galáxia – não apenas estrelava a série como foi o produtor dela, faz uma participação neste filme também, assim como Pamela Anderson dá o ar da graça. O que acho divertido no David é a sua capacidade se zoar a si mesmo. Sempre ganha pontos assim.

Digo isso porque o Baywatch não leva nada a sério o antigo seriado dos anos 90. É recheado de piadas sobre a série, além disso, referências e esteriótipos estão todos lá: Tem o galãzinho meio cheio de si, mas que eventualmente vai se redimir; tem o gordinho especialista em informática, desengonçado, mas que quer se tornar herói e conquistar a gostosa; tem a gostosona que corre em câmera lenta balançando os peitos que deixa todos babando; tem a gatinha inteligente; tem o chefe dessa galerinha; tem a super vilã e por aí vai.

Baywatch

Baywatch é divertido sem sombra de dúvidas. É uma daquelas comédias bem americanas mesmo, de humor bobo e fácil. Nem um pouco politicamente correta. Às vezes o humor é apelativo com piadas explícitas sobre pintos e peitos. Definitivamente não é um filme para a família. (Quer um filme família bom à beça? Assista Piratas do Caribe: Vingança de Salazar) Mas é um filme que vai divertir.

Eu ria de gargalhar no cinema. São muitas piadas, uma atrás das outra, porém com várias cenas de ação ali misturadas no meio. Tem piadas sobre todos os esteriótipos, então a geração do mimimi pode sair do cinema torcendo o nariz.

Baywatch

Se for pra ir assistir vá de mente aberta com o simples intuito de se divertir. Sem problematizar muito (como diria Thaís Araujo), simplesmente assista e ria de si mesmo se for o caso.  A problematização por causa de machismo, racismo e todos os “ismos” está muito forte ultimamente e precisamos dar uma respirada. Rir de absolutamente tudo, para desanuviar a mente por 2 horinhas, para depois voltarmos, talvez, um pouco mais leves para os problemas do dia a dia. Já avisei, mas não custa repetir: é uma comédia que não se preocupa com o politicamente correto e faz piada dos esteriótipos.

Baywatch

Baywatch conta com Dwayne Johnson no papel de Mitch Buchannon, Zac Efron como Matt Brody, Priyanka Chopra como a super vilã Victoria Leeds, Alexandra Daddario como Summer, Jon Bass como Ronnie, Kelly Rohrbach como C.J. e Ilfenesh Hadera como Stephanie. O filme estreia dia 15 de junho nos cinemas. Estreia bem no feriado, olha que coisa boa, dá pra assistir e relaxar. 😉

 

Mais uma vez obrigada à Agência TC, à Vizcaya e à Paramont pelo convite. Adorei!

Fotos: Divulgação.