Amizade verdadeira requer dedicação

Oi! Tudo bem com vocês? Eu venho refletindo sobre relacionamentos há algum tempo. Especialmente sobre amizade. Para mim, todo tipo de relacionamento tem as mesmas bases: confiança, respeito, etc. E a amizade é uma das coisas mais importantes da vida. Mas amizade não cai do céu, não é miojo que fica pronto em 3 minutos (parafraseando minha amiga Lilian), não é instantânea como amor à primeira vista (ah é, isso não existe também!). Amizade boa mesmo pra valer, é preciso cultivar.

amizadeProjetado pelo Freepik

Eu já li frases que afirmam que uma amizade verdadeira é aquela em que duas pessoas podem ficar sem se falar ou se ver mas quando se encontram a cumplicidade é a mesma de sempre. Bonito né. Mas isso aí funciona só até a página 20. Ou melhor, passa a funcionar bem depois da página 20. Para ser assim a amizade precisa ser construída, regada, alimentada, não apenas conquistada com palavrinhas fofas. Palavras fofas são boas de ouvir, mas são as ações que provam alguma coisa.

Amizade verdadeira não é perfeita, tem altos e baixos, mas por ela vale a pena trabalhar e lutar

No final do mês passado eu fui a São Paulo rever uma das minhas melhores amigas. Minha amiga-irmã de coração. Amiga com quem falo todos os dias. Foi ótimo, divertido, leve e feliz. Momentos alegres e divertidos que ficarão para sempre na memória e em meu coração. Porém essa amizade que dura mais de 15 anos foi construída, cuidada, alimentada e cultivada. Teve momentos de afastamentos e desentendimentos também. Porque somos humanas e portanto imperfeitas. E tudo bem. O importante foi que ao crescermos, amadurecemos, aparamos arestas e aprendemos uma com a outra. Mais importante ainda foi que nos demos conta que a nossa amizade vale a pena. Por ela vale apena engolir o orgulho e consertar as coisas. Deixar o ego de fora. Tentar não errar de novo.

E se errarmos, saber voltar atrás, pedir desculpas e continuar no caminho lado a lado. Mas sem pisar em ovos. E sim, sabendo respeitar os limites de cada uma. Uma amizade que vale a pena dá sim trabalho. Mas é um trabalho de amor, entende? Tudo que vale a pena requer dedicação. E só depois de anos desse “trabalho” carinhoso é que se conquista o silêncio confortável, e a distância que não muda as coisas.

Eu tenho amigos incríveis. Valorosos. Alguns nunca vi pessoalmente, no entanto sei que estou no coração deles e eles no meu. E por Deus, sou muito grata por isso. Muito abençoada mesmo. Cada vez que eu falo com um deles, pinga uma luzinha no coração. E isso não tem preço. Pessoas que mesmo de longe conseguiram demonstrar carinho e preocupação comigo. Amigos que ofereceram ombro e ouvidos ainda que virtualmente. Amigos que viajaram só para me encontrar nos momentos mais difíceis da minha vida. Eu já contei né que tenho amigos em várias partes desse mundo, graças a Deus. E por mais que eu não os veja sempre, os carrego no meu coração. Mas isso não caiu do céu, isso foi construído, mesmo quando houve aquele bem querer à primeira vista.

Sem possessividade

Uma outra coisa que vale lembrar é que um amigo não é propriedade sua. É permitido ter mais de um amigo. Não entre naquele jogo de que o amigo é seu e demais ninguém. Isso é posse, isso é doentio, e ninguém gosta de se sentir sufocado. Não precisa ter medo. Seu amigo não vai fugir com outro. Ele vai continuar lá pra você pro que você precisar. E quer saber o mais legal de tudo? Você também pode se tornar amigo do seu amigo se deixar os ciúmes de lado e dar uma chance de conhecer gente nova. It’s a win win situation, percebe? Quanto mais amigos melhor, só temos a ganhar.

Não confundir coleguismo com amizade!

Acredito que uma das coisas que mais me incomoda nos dias de hoje é a superficialidade das relações. A maneira como tudo se tornou tão descartável. Amizades e amores se tornaram descartáveis. O que me leva a refletir sobre a confusão que fazemos constantemente. Colega não é amigo. Pode vir a ser, se tornar um, mas não é necessariamente um amigo. Um colega de classe, um colega de curso de teatro, um colega de trabalho, pode sim virar seu amigo, mas se não virar, tudo bem. Não precisamos ser amigos de todo mundo. E reconhecer isso requer maturidade.

Pois não adianta se dizer amigo e no momento em que sair da escola / faculdade / trabalho, a primeira coisa que faz é esquecer os supostos amigos que ficaram para trás. Não, não precisa do convívio diário para transformar um colega em amigo, mas é preciso sim, o mínimo de dedicação, de interesse, quando o convívio deixa de ser tão constante.

Colega, amigo de festa, amigo para todas as horas, melhores amigos, cada tipo de amigo ou colega tem o seu valor e sua importância para nossas vidas. Mas é preciso saber discernir as coisas. É preciso prestar atenção em quem confiar ou não. Infelizmente, às vezes, é preciso se blindar um pouco. Mas a melhor coisa da vida é poder confiar em alguém, ter amigos para todas as horas, se aprofundar nos laços criados.

É gratificante ter em quem confiar, para os momentos difíceis e também para os momentos leves de pura alegria. Somos seres sociais que só temos a crescer com as convivências. E um amigo de verdade acaba nos ajudando a crescer e melhorar como seres humanos. Mas para isso não podemos ser rasos. (Sobre esse assunto, me aprofundarei mais tarde ;))

Só tenho a agradecer

As pessoas que passaram pela minha vida e as que ainda se mantém nela, cada uma delas me ensinou alguma coisa. Por amor ou pela dor. Mas o fato é que eu tenho muito, muito mesmo a agradecer aos meus amigos queridos. Eu procuro a cada dia ser uma amiga melhor, ser uma pessoa melhor, sempre tentando crescer como pessoa. E se eu consigo me manter na luz, é por causa do amor dos meus amigos. Obrigada, obrigada de coração.

Mais textos e reflexões sobre comportamento e coisas da vida, clica aqui. =)